Buscar

compreendendo as mudanças metafisicas em nossa economia empresarial e pessoal.

Atualizado: 27 de jan.

Após a segunda guerra mundial, surgi os Estados Unidos oferecendo ao mundo a solução e o modelo econômico e social do qual nós seguíamos até hoje.


Bem-vindo ao nosso blog. este espaço é para conectar vocês leitores com seus clientes potenciais de uma forma atualizada e interessante. Pense nisso como uma conversa na qual você pode compartilhar atualizações sobre negócios, tendências, notícias e muito mais.

Resultado de Destruição

Com isso os resultados não poderiam ser diferente a estagnação econômica pelo desgaste causado pelo rastro de destruição deixado, seja por vidas ou por ganância econômica.

Os valores praticados nas altas esferas econômicas, começaram a subjugar a parte mais fraca do elo produtivo. O resultado todos sentiram a desigualdade social, apesar de os bancos centrais produzirem mais que dinheiro, e mesmo que se emitia maiores valores as grandes fortunas consumiam a maior parte ficando represadas nos bancos em papeis e outros ativos. Os trabalhadores sentiram o peso e falta de recursos, pois a inflação veio em forma da compra do dinheiro, para cada 1 real, se pagava através de empréstimos 10 reais.


Com isso desencadeou as crises geradas pela sempre demanda financeira, a primeira;

" Recessão de 1876 - chamado Pânico de 1873"- "A contração da economia global, em 1885", "A 'Grande Depressão, 1873 a 1879 ou 1896", "O Pânico de 1907", "Recessão de 1914 inicio da primeira Guerra mundial", "Recessão de 1917 pós primeira guerra", "O marco da Depressão de 1929 com a quebra da bolsa de Nova York", "Recessão de 1938 pós grande depressão", "Recessão de 1945 pós guerra", "Recessão da década de 70 foi uma "estagflação", "Recessão da década de 80 crise do Petróleo", "Recessão da Decada de 1990 causada pela politica monetária dos Bancos centrais " Emissão de Dinheiro ", "Recessão de 2009 causada pela crise nos EUA da crise das hipotecas subprime", "Pamdemia de 2020 crise do covid-19", ( fonte: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-53239921).


Crises

São tantas crises que afetaram o mundo que de fato desde a primeira ate esta atual, tudo se remete ao consumo de grandes fortunas que não conseguem mais consumir toda produção.

2009 foi uma crise que afetaria o planeta de forma incondicional abalada pela guerra do Iraque, mas foi o covid-19 que abalou toda humanidade de grandes a pequenos, mas que nos fez perguntar seriamente sobre a forma pela qual nós vivemos.

Os mercados econômicos começaram a se questionar sobre o modelo que vinha se praticando ate o momento, se o modelo comprado pelo mundo era o modelo econômico ideal para os tempos atuais. o Modelo vendido pelos Estados Unidos da América o famoso 'American Dream" que consistia em ideais de liberdade inclui a chance para o sucesso e prosperidade, maior mobilidades social para as famílias e crianças, alcançada através de trabalho duro em uma sociedade sem obstáculos.


Muito bonito mas devastou muitas vidas que não foram preparadas psicologicamente para este sucesso, começaram a olhar somente o Precioso ( Dinheiro), este modelo conduziu a humanidade a uma devastação total devido o crescimento e empoderamento da ganância em prol do humano.

Com isso os pilares da família e da humanidade foram esquecidos e a Fé em Deus abandonada. E neste tempos sombrios onde o homem não acredita em Deus nos é erguido e apresentado o Humanismo.

"O Homem Empoderado."

Desta vez é o Homem com seus valores como Amor, Fé, família e poder totalmente invertidos centralizados na figura do homem sem Deus.

O novo modelo coloca o Homem como centro e a palavra Empoderar tomou conotação de importância mundial.

Hoje querem dar poder a qualquer um, a qualquer coisa e qualquer custo, com isso o processo econômico começa a mudar, tornando as causas importantes em prol do homem, fazendo todas as coisas girarem na frequência do humanismo, façamos uma observação; - " Nos últimos 30 anos, Deus era o centro de tudo, os homens eram o centro da família, as famílias eram centro da comunidade, e a comunidade o centro da economia que girava em torno do modelo conservador aplicado, "Deus, Família, Pátria" gerando o modelo econômico da nação.

Foram tantas crises que homens massacrados economicamente foram levados a se privarem da educação adequada a qual tinham por direito, mas se abdicaram para cuidar de suas famílias.

Afinal o poder econômico era sagaz e exigia cada vez mais o seu tempo no trabalho, com isso toda educação foi direcionada para as filhas pois muitos dos filhos homens abandonaram as salas de aula para ajudar seus pais, com isso criamos a desigualdade educacional.

E hoje vemos o mundo diferente talvez mais feminino, pois aos homens foi lhes tirado o direito a educação, os tornado obsoletos na cadeia produtiva. como os bancos escolares estavam quase todo tomado pelo universo feminino por serem a maioria, começaram a faltar mão de obra masculina na universo acadêmico e nos setores mais graduados das empresas, com isso sobrou espaço, e o antigo modelo não aceitava as visões femininas, e tentaram suprimir de alguma forma ascensão das mulheres aos altos cargos, mas os poderes gritarem para os grandes escalões financeiro o empoderamento feminino nas grandes corporações.

Este ato iria gerar um impacto global na economia mundial, mesmo que possa parecer direito mas foi criado a nova era da economia mundial, a economia feminina, que já vemos brotar nas sub-economias locais, o numero de mulheres que passaram ser o sustentáculo familiar, passando apontar os desejos e a forma de consumo do ano 2000 que trilhou o caminho do olhar feminino.

Onde o que se produz tem ter um traço feminino, carros, moveis, equipamentos e por ai vai, a economia tomou outro rumo, não tem mais olhares masculinos.

Vimos surgir o novo modelo econômico mundial, o modelo Matriarcal, mais preocupado com o ser humano e com a natureza, igual à uma mãe que cuida do seu filho. Sem aquela agressividade ponderado pelo olhar masculino, do ponto de vista em seu crescimento, um modelo mais preocupado coma saúde financeira do que com nos números crescentes.

E o que isso tem haver comigo e com você?

Simples o modo como agimos com nosso dinheiro, a forma como gastamos nosso dinheiro, que agora não é mais vigiado pelo grande Pai, e sim pela grande Mãe.

Onde só poderemos gastar somente aquilo que adquirimos, e consumir somente onde ela quer e não mais onde queremos, quais os próximos capítulos de nossa saga econômica - continua.....


Texto Por: Wellington Figueiroa CEO da Saint Lousi FM


Inspire-se

Para acompanhar todas as novidades, incluindo dicas para criar seu negocio e artigos interessantes, vá ao Blog. Encontre inspiração para começar a criar sua própria empresa, conteúdos exclusivos, imagens e vídeos deslumbrantes. Comece a criar sua própria empresa agora. Boa sorte!

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo